A minha experiência na Pizza na Brasa – Rita da Nova

Community Manager, Digital Marketeer, Foodie
Community Manager, Digital Marketeer, Foodie

Acontecia quase sempre da mesma forma: comia tudo certinho durante a semana para que, quando chegasse a domingo, não houvesse restos para despachar. Devia ter cerca de sete anos quando a provei pela primeira vez e houve qualquer coisa na combinação entre galinha e amêndoas que me roubou um cantinho no coração para sempre. Tornou-se uma tradição, lá em casa, pedir Pizza na Brasa ao fim-de-semana… “a” Pizza na Brasa. Com muita sorte, podia ser que desse para pedir também durante a semana. Comíamos mesmo ali, no chão em frente à televisão, de pizza pousada no guardanapo e felizes por estarmos a transgredir todas as regras lá de casa numa só refeição.

Hoje, mesmo depois de ter morado em Itália durante alguns anos e de ter experimentado todas as combinações de pizza que possam imaginar, a Pizza na Brasa continua a ser a minha favorita. E nenhum outro prato culmina numa combinação tão perfeita de galinha e amêndoas, que me perdoem os restaurantes chineses e as tentativas feitas em casa de recriar o sabor. Às vezes temos mesmo que admitir que há coisas que não se conseguem replicar, ainda que o sabor desta pizza consiga trazer consigo algumas das minhas melhores e primeiras memórias gastronómicas.

E se me perguntarem… sim, para minha felicidade, ela continua igual passados estes meses todos. Obrigada por isso, Pizza na Brasa!

Deixe uma resposta